Apresentação 2017

II Olimpíada Brasileira de Cartografia - OBRAC 2017

clique na imagem para ampliá-la

A Cartografia é uma linguagem de comunicação fundamental para o entendimento da organização espacial e muito importante para a compreensão do modo como a sociedade ocupa os espaços e mantém suas relações, sejam elas físicas, políticas, econômicas ou sociais.Apesar disso, a matriz curricular brasileira ainda não apresenta uma disciplina específica para a Cartografia na educação básica, mas os conteúdos relativos a esta ciência são abordados tanto no Ensino Fundamental como no Ensino Médio, principalmente pela disciplina de Geografia, que possui uma relação estreita com a Cartografia.

A exigência para o entendimento da complexidade da sociedade moderna é grande e o conhecimento cartográfico responde a essa demanda, tendo em vista que a geoinformação proporciona ferramentas para pensar espacialmente e o conhecimento do espaço é fundamental ao exercício pleno dos direitos do cidadão. É, portanto, fundamental a discussão do papel do conhecimento geoespacial na formação de nossa sociedade no ambiente escolar.  

 

As olimpíadas científicas estimulam o conhecimento, propondo aos participantes um desafio construtivo. No Brasil, já são conhecidas as Olimpíadas de Matemática, de Química, de Biologia, de Robótica, de Astronomia, entre outras. A  Olimpíada Brasileira de Cartografia traz para o âmbito das ciências da informação geoespacial esse tipo de atividade tão estimulante para os alunos.

A Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC) tem como objetivos principais estimular, na escola, o interesse pelas Ciências, especialmente pela Cartografia; prover aos professores o conhecimento e ferramentas para o ensino dinâmico e participativo em áreas que abrangem o conteúdo cartográfico, prover a socialização de professores e alunos através de atividades em equipe e fomentar a formação de recursos humanos para atuação na área de Cartografia e das geotecnologias. A OBRAC tem abrangência nacional e é voltada para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio (com idades entre 13 e 19 anos), das escolas da rede pública e privada. 

Cada escola inscrita participará com uma equipe, de 4 alunos e um professor, o chefe da equipe. A OBRAC será executada em  etapas conforme o Regulamento a ser em breve divulgado neste site.

A II OBRAC dá continuidade ao Projeto da I Olimpíada Brasileira de Cartografia, ocorrida em 2015, sua primeira edição, com a participação de todos os estados brasileiros com um  total de 1105 escolas inscritas, ou seja, 1105 equipes de 5 componentes, uma participação de 4420 alunos e 1105 professores. A proposta da OBRAC é de ser um evento educacional bienal.

As provas serão constituídas por questões relativas ao conhecimento do aluno no campo da cartografia, matéria trabalhada nas escolas de ensino básico dentro da disciplina de Geografia, mas também com possibilidades de exploração em outros campos, como história e matemática, envolvendo temas como orientação, escala, coordenadas geográficas e representação gráfica do terreno, importantes elementos para a compreensão e interpretação do espaço.